Convênio

Obstetra Centro Curitiba

Ginecologia e Obstetrícia
CRM-PR 31988 - CRM-SP 93960

ENDEREÇO

Rua: Emiliano Perneta, 680 - sala 601 - 6º andar

CEP 804210-080 - Centro - Curitiba - PR

DRA. TÂNIA ANDRADE DECOUSSAU MACHADO

SÍNDROME ALCÓOLICA FETAL

O consumo de álcool é PROIBIDO durante a gravidez. Não há dose segura.
 
A ingestão de bebidas alcóolicas está associada a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), que é a principal causa de retardo mental e de anomalia congênita não hereditária nos bebês.

Estima-se que a cada mil nascidos vivos, dois apresentem a Síndrome Alcóolica Fetal. Os efeitos mais frequentes ocorrem no cérebro e no coração do feto. Também pode haver restrição de crescimento e sinais de deformidade na face. É importante lembrar que, embora algumas crianças não apresentem nenhum sintoma marcante ao nascer, elas podem manifestar, ao longo da vida, diferentes problemas decorrentes da exposição ao álcool, como dificuldades na aprendizagem e alterações no comportamento.

Com o objetivo de alertar as gestantes sobre a importância de não beber durante os nove meses, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO)lançaram a campanha GRAVIDEZ SEM ÁLCOOL.A iniciativa visa prevenir os casos de Síndrome Alcóolica Fetal e proteger a saúde dos bebês.
 
Conheça a campanha acessando os links

http://nova.sbp.com.br/gravidezsemalcool

https://www.febrasgo.org.br/videos/item/7-gravidez-sem-alcool-campanha-contra-a-sindrome-alcoolica-fetal-saf